Cálculo Renal (pedra no rim) 2

Já postei algo sobre cálculo renal aqui.
Agora vou falar um pouco mais sobre o assunto.
O cálculo renal é também chamado de litíase urinária ou urolitíase
Além da pouca quantidade de água ingerida diariamente, outro fator que pode facilitar a criação de pedras no rim é a quantidade excessiva de sal ou sódio na alimentação. Lembrando que sal é na verdade cloreto de sódio, e sódio é um dos sais minerais conhecidos.


Sais minerais possuem como uma das características a facilidade de cristalização quando desidratados.
Ou seja, se ingerir muitos sais minerais e pouca água, com certeza os sais minerais irão se juntar e formar um único composto.
Nossos rins funcionam como um filtro do organismo, filtrando o sangue que circula por todo o organismo, e então é nos rins que os sais cristalizados serão acumulados.
Uma vez lá, não há mais como retirar.
Para retirar pedras do rim é necessário uma intervenção cirúrgica ou uma técnica não-intrusivo chamada de litotripsia, onde ondas de ultrassom são direcionadas da barriga para os rins, fazendo os cálculos se fragmentarem em partes menores que irão sair posteriormente ao urinar.
Não existem medicamentos ou alimentos que façam o cálculo se dissolver.

Se você precisa de uma suplementação alimentar balanceada 100% natural e com baixíssima quantidade sódio, me mande um e-mail para todoscomsaude@gmail.com com seu nome e cidade onde mora.

Um comentário:

EvoBody disse...

Zeus me livre... Já tive isso! e o pior, parei no hospital e tudo, com medo que fosse uma apendicite, e o medico preparadíssimo que me atendeu (por sinal um dermatologista DE PLANTÃO EM UM P.S!!!) disse que era uma virose somente e receitou dipirona!!! Isso que acontece em um país onde faz medicina quem tem dinheiro, não vocação...
Abração!